Google+ Followers

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Que tal um jantar a dois?

Escolha um lugar aconchegante na sua casa e use uma mesa pequena para servir a refeição. Coloque uma toalha delicada, decorada com rendas, bordados ou ilustrações românticas. Depois de forrar a mesa, posicione duas cadeiras frente a frente para fortalecer a proximidade do casal.
Escolha um aparelho de jantar bonito, com pratos de porcelana branca. Em seguida se preocupe em posicionar os talheres na mesa, sem muito requinte para que o companheiro não se sinta constrangido ao saborear  a refeição. Escolha taças de cristal elegante para servir a bebida e tornar o momento compartilhado ainda mais charmoso.
Para tornar a iluminação do espaço aconchegante, aposte num castiçal com vela no centro da mesa. A luz dosada no ambiente  favorece em todos os pontos a atmosfera romântica. As velas combinam com o romantismo da ocasião, mas cuidado ao posicioná-las na decoração para que não ocorra acidentes.
A decoração de um jantar a dois está mais ligada a uma mistura de sensações do que propriamente a estética. Dessa forma, é importante se preocupar com a montagem de uma atmosfera, onde os elementos decorativos conversam com outras linguagens do jantar, como aromas e música. Aposte numa vela aromática para deixar o ambiente perfumado e não se esqueça de colocar músicas românticas que relembrem a história do casal. Essas pequenas preocupações são completamente viáveis para quem deseja criar um momento especial.
Além de se preocupar com a decoração da mesa e do ambiente, é fundamental também elaborar um cardápio apetitoso e romântico para o jantar. Massas são sempre bem vindas nesse tipo de momento, principalmente quando são acompanhadas de um bom vinho. Comida indiana, japonesa e pratos com frutos do mar também são comuns em jantares românticos.
Seja autêntico ao montar um jantar romântico em casa, procurando sempre surpreender o outro e nunca ser previsível nos gestos. O acontecimento pode simbolizar uma data especial do namoro, um pedido de desculpas, uma tentativa de reconquista ou até mesmo para renovar as juras de amor. Enfim, é sempre importante que essa proposta seja valorizada.

Um comentário: